Os infiéis estão no meio do caminho

020

  • Parece que a cada três meses ou algo assim tomamos conhecimento de outra celebridade que é pega traindo seu cônjuge. Dizer que o adultério é uma epidemia em nossa cultura atual é um eufemismo. E isso não parece estar ligado à determinada posição. Independentemente do que fazemos para ganhar a vida, (políticos, pastores, professores, atletas, atores, músicos, etc.) os infiéis estão em nosso meio. Parece ser tão comum hoje que a questão não é quem está traindo, mas sim – quem não está?Muitos tratam seus relacionamentos mais importantes de modo casual e seus compromissos como opcionais. Nossa mentalidade “micro-ondas” (rápido e fácil) se infiltrou em nossa mais sagrada instituição – o casamento. Muitos infiéis tentam justificar as suas razões para a infidelidade. Para um infiel, os seus motivos fazem sentido. Claro. Só não compreendem as razões daqueles que nunca traíram.
  • 021
  • Nossa sede por casos extraconjugais tornou-se tão aceito e normal em nossa cultura que a maioria dos programas de televisão menciona ou faz alguma referência à infidelidade em algum momento ao longo dos episódios. Para não ficar atrás, temos até reality shows, que são projetados para revelar uma indiscrição e explorar a humilhação em rede nacional. Honestamente, eu não tenho certeza do que é pior – a ação imoral do trapaceiro ou as pessoas que produzem o reality. O fato é que os índices de audiência são uma acusação contra nós. É difícil saber o que é mais devastador – descobrir a infidelidade de seu parceiro ou receber a esmagadora notícia enquanto observado por um público ávido por ver a desgraça alheia. Vivemos em dias tristes e em época lamentável.

    Eu tenho visto em primeira mão o efeito destruidor do adultério. Trair devasta relacionamentos e destrói sonhos. Se você tem acalentado a ideia de trair o seu cônjuge ou alguém com quem está compromissado, que isto sirva de aviso oficial. O seu chefe bonitão, a bela secretária do escritório ou a vizinha sexy da rua de baixo vêm com um preço que você não pode pagar. Antes de trair aqui estão 14 coisas que você realmente precisa saber.

  • 023
  • 1. Você vai se tornar um mentiroso

    Já é ruim o suficiente ostentar o título de “Infiel”, mas se você trair, você também vai ostentar o título de “mentiroso”. A infidelidade não acontece sem a mentira em algum nível e, normalmente, as mentiras brancas no início se tornam mentiras de fato no final. “Eu estarei trabalhando até tarde no escritório hoje à noite” pode ser uma meia-verdade, mas você vai precisar redefinir a palavra “trabalho” para silenciar a sua consciência comprometida. Trair e mentir andam de mãos dadas. (Para saber mais sobre as mentiras que os infiéis contam.

  • 024
  • 2. Você vai ser pego

    Pode não ser hoje. Pode não ser amanhã. Mas, eventualmente, o seu caso virá à luz. Seu mundo vai desabar sobre você. Se você tiver sorte, a história de sua indiscrição pode não aparecer no noticiário da noite ou na primeira página do seu jornal local, mas o seu círculo de amigos saberá de seus atos. E todo mundo gosta de compartilhar uma notícia picante. Sua má decisão vai se tornar tão pública quanto um quadro de avisos. É só uma questão de tempo. Como o pastor Rick Warren twittou recentemente: “Se o diretor da CIA não pode se esconder e encobrir um caso, ninguém pode.” Como diz o provérbio chinês: “Se você quer que ninguém saiba, não faça.”

  • 025
  • 3. Você irá decepcionar a todos

    Todos. O seu cônjuge. Seus amigos. Seus colegas de trabalho. Seu Deus. Seus pais. Seu sobrinho. Seus filhos. Você mesmo. A decepção será como cheiro de gambá e vai demorar muito tempo para ser removido.

  • 026
  • 4. Você vai ser um mau exemplo

    Todo mundo quer é um bom exemplo ou um mau exemplo em todas as coisas que fazemos. Trair não apenas é um exemplo muito ruim em relacionamentos, mas traz consigo uma nuvem de dúvidas que irão pairar sobre você em outras áreas de sua vida. Se você enganou em uma área, você iria enganar em outra? A infidelidade comunica a todos que você tomou o caminho mais fácil. Ela diz aos outros que você estava disposto a cortar custos em sua relação mais primária. Por fim revela que você não estava disposto a se esforçar e obter a ajuda necessária. Ninguém admira um trapaceiro. Ninguém quer um adúltero. Mesmo que você tenha vivido sempre de maneira boa, essa má ação pode apagar tudo.

  • 027
  • 5. Você vai perder sua autoridade moral

    É difícil dizer a seus filhos (ou outros) para fazer a coisa certa quando sabem que você não fez. Dizer “Faça o que eu digo não o que eu faço” é a maneira mais rápida de perder o respeito dos outros. Não só você vai perder o respeito das outras pessoas, mas também o respeito por si próprio. Todo julgamento moral que você fizer no futuro, será medido por sua ação adúltera do passado. Isso não significa que você não possa falar a verdade no futuro, isso significa apenas que alguns não vão ouvi-lo.

  • 028
  • 6. Você criará uma dificuldade de confiança no seu cônjuge

    Para sempre. Você vai danificar a preciosa autoestima daquele que você prometeu amar. Todo relacionamento que houver após isso demandará maior esforço em confiar. Se isso não bastasse, você vai abalar o mundo das crianças e levá-las a questionar a estabilidade de toda relação significativa que elas têm. Para as crianças, o relacionamento dos pais é como uma âncora e mentiras cortam esse vínculo.

  • 029
  • 7. Você vai perder o seu padrão de vida

    Dependendo do que você faz para viver, você pode perder o seu emprego. Muitos perdem sua casa. A maioria acaba com custas judiciais enormes quando a traição antecede ao divórcio. Cônjuges traídos buscam uma maneira de fazer você pagar e o pagamento é sempre caro. Cada cheque que você assinar será um lembrete constante de sua loucura.

  • 030
  • 8. Você vai passar anos tentando reconstruir sua vida

    Literalmente anos. Mesmo que você consiga, de alguma forma, se desviar da tempestade financeira, você descobrirá que demora anos para se recuperar emocionalmente. Levará anos para restaurar certas amizades, se é que você conseguirá. Leva anos para que você possa reconstruir sua imagem. Leva anos para reconstruir a confiança. Leva anos para realmente perdoar a si mesmo.

  • 032
  • 9. Você perderá relacionamentos

    Você vai perder muito de seus relacionamentos. Amigos de longa data se afastarão. Os amigos próximos que você tem ajudado inúmeras vezes não estarão por perto para ajudá-lo. Até mesmo alguns membros da família que supostamente o amam incondicionalmente irão desaparecer. Uma pessoa que engana pode acabar vivendo uma vida muito solitária. É difícil para muitas pessoas que costumavam chamá-lo de amigo suportar o mau cheiro da decepção.

  • 033
  • 10. Você vai aumentar suas chances de contrair uma DST

    As doenças sexualmente transmissíveis circulam de forma desenfreada entre pessoas promíscuas. Mas o seu amante é “limpo”, certo? Afinal, ele lhe disse. E se há uma coisa que todos nós sabemos – é que podemos confiar em um enganador e em sua palavra. Como diz o ditado: “Não há honra entre ladrões.” Um pensamento que pode ser útil é supor que todos, exceto seu cônjuge, têm uma doença sexualmente transmissível. Isso deve reduzir seu apetite por destruição.

  • 034
  • 11. A grama não é mais verde do outro lado da cerca

    A ideia comum de que “a grama é mais verde do outro lado” é um equívoco comum. Por desconhecer tal grama, presumimos que deve ser melhor do que onde estamos atualmente. Não é. Na verdade, embora possa parecer mais verde à distância – uma vez que você chega lá e fica à vontade, algo interessante acontece – a grama muda de cor. Isso geralmente acontece logo depois de ser pego. Em seguida, você vai ver este pedaço de terra de forma diferente. Você também terá um desejo estranho de voltar à grama verde que você deixou… Só que agora está queimada e não permitirá sua volta. A melhor maneira de desfrutar de grama verde é regando seu próprio quintal.

  • 11
  • 12. Você gostaria que fosse com você?

    Ladrões gostam de roubar carteiras, mas odeiam quando são roubados. Se todos nós vivêssemos pela Regra de Ouro (“Trate os outros da maneira que você gostaria de ser tratado.”) a maioria dos problemas da vida seria resolvido de um dia para o outro. Pense sobre esse ato como se estivesse sendo feito a você. O problema é que isso requer pensar e pensar é muitas vezes a última coisa que um infiel tem em mente.

  • 08
  • 13. Você acabará por se arrepender desta decisão

    No calor do momento, o engano parece fazer sentido. É uma sensação boa e às vezes você até se sente bem. Sentimentos são enganosos. Logo depois, seus olhos se abrirão e você vai se arrepender de ter partilhado do fruto proibido. Já não temos motivos para arrependimentos suficientes em nossas vidas? Por que acrescentar mais um – especialmente um que só pode destruir tudo o que você trabalhou tão duro para construir? Sua casa pode não ser perfeita, mas com certeza é melhor que viver em uma barraca.

  • 55
  • 14. A dor supera o ganho

    Ninguém diz em seu leito de morte, eu gostaria de ter tido um amante. Ninguém nunca sai do escritório de seu advogado com um sorriso no rosto – grato pela experiência. Ninguém perde queridos amigos e fica feliz por ser menos um cartão de Natal para receber este ano. A perda é imensurável. A dor pode ser insuportável. Reinos inteiros podem ser perdidos por alguns minutos de prazer. Não vale a pena.

    Em novembro de 2008, eu olhei no espelho e não gostei do que vi. Eu não gostava de quem eu havia me tornado. Encontrei-me finalmente no ponto onde eu estava disposto a admitir o lado negro da minha alma. O Cavaleiro das Trevas dentro de mim havia emergido de fato. Dias depois, eu confessei a minha esposa, filhos e igreja que eu tinha sido infiel durante o meu casamento. Desnecessário é dizer que foi a série mais difícil de conversas que já tive em minha vida. Não há dor maior que ver as pessoas que você ama em soluços e lágrimas por causa de suas ações egoístas. Dentro de um ano, eu tinha perdido tudo de mais caro e precioso para mim.

  • 51
  • Os 14 pontos acima vêm de uma experiência pessoal extremamente dolorosa. Eu sei o que é cair e não ser capaz de se levantar. Ao longo dos últimos quatro anos, eu tive que aprender a derrubar minhas paredes emocionais - paredes essas que ajudaram a me meter em apuros antes. Eu vim a entender o problemaatravés de apoio, especialmente na igreja, e tenho lutado com o processo do perdão, inclusive de me perdoar. Por mais difícil que seja eu agora abraço o meu passadoe aprecio os muitos arrependimentos. Eles tornaram-se preciosos para mim. Como resultado das minhas ações, eu acumulei muitas cicatrizes e agora tento aprender com todas e com cada uma delas. Fui ao “fundo do poço”e percebi algo surpreendente no processo. Deus ainda está aqui, mesmo que os outros não estejam mais.
  • a21
  • Essa é a minha história. Muitos capítulos estão ainda a ser escritos. Não é fácil compartilhar, mas é a realidade, no entanto, eu finalmente aceito esse capítulo como parte da história. Ao ler a Bíblia com humildade nos olhos atualmente, vejo que o livro está repleto de grandes homens e mulheres que caíram de maneira bastante grave. Deus os resgatou e os usou como instrumentos a despeito de seu passado. Eu me conscientizei de que todos caem, de diferentes maneiras.

    Se eu puder ajudar qualquer um de vocês a se levantarem de uma queda, me avisem. Eu sou apenas um mendigo dizendo a outros mendigos onde encontrar pão.

Fotos: Desires of a Bi-Sexual Women
Fonte: Blog Oficial de Rod Arters/traduzido e adaptado por Stael Pedrosa Metzger

a23

O que os homens encontram fora de casa

9

Deve ficar bem claro que ser infiel é uma decisão pessoal. Ou seja, se em algum momento seu parceiro for infiel não é culpa sua, simples assim. No entanto, estas dicas vão ajudar a evitar a infidelidade.
  • Eu me considero sortuda quando penso na quantidade de boas mulheres que conheci ao longo de minha vida. Aprendi muitas coisas com elas; neste momento quero compartilhar aquelas, que depois de uma infidelidade, descobriram que poderiam ter feito mais em casa para evitá-la.
  • 1. Seja flexível, seu marido e família são mais importantes do que a limpeza

    É um fenômeno bastante comum entre as casadas que ao se preocupar demais com a administração do lar, filhos, trabalho doméstico; organizam horários rígidos e organizam cada minuto do dia. Vivem continuamente pensando em formar a “família da foto”, onde todos estão brilhando, arrumados e perfeitos. Estes comportamentos tornam-se prejudiciais para a família e, especialmente, para os maridos quando se tornam prioridades e são inamovíveis. Os homens procuram uma parceira que ao chegar em casa queira passar tempo com eles e não lavar roupas ou passar lençóis e toalhas. É verdade que todas nós amamos uma casa limpa, confortável e arrumada, mas não vai acontecer nada se você deixar uma tarefa doméstica de lado para sair com seu marido. NÃO crie horários para o amor, a companhia, as relações íntimas, não interrompa uma boa conversa para ir correndo limpar. Não coloque seus filhos acima de seu parceiro e, acima de tudo, tire seus pais de seu relacionamento em casal.

    Não importa o que você estiver fazendo ou o plano que você tenha em mente de organizar a casa, se seu marido convidá-la para passear ou pedir para acompanhá-lo, vá com ele; caso contrário, em breve ele passará mais tempo sozinho e vai se acostumar a sair sem você, que já não será mais indispensável para ele e seus passeios e, acredite, sempre haverá outra mulher interessada nele.

  • 12
  • 2. As esposas são chatas, as amantes não

    As esposas, cuja única coisa interessante no seu dia tem a ver com o preço do feijão ou se a vizinha comprou sapatos novos, são esposas chatas. Esta é uma parte que você deve considerar em sua pessoa e verificar se você se tornou uma companhia chata e cansativa. Uma mulher, independentemente de seu estado civil, deve ter sua própria vida, você deve ler, estudar, informar-se, ter temas para conversas, aprender novas habilidades e cuidar de si mesma, pois isso a tornará irresistível; seu marido vai se orgulhar de ter uma mulher inteligente, trabalhadora, bonita e útil. A alegria, o sorriso e o bom humor são características que os homens valorizam muito em uma mulher, se você se tornar alguém que só repreende, que está sempre triste ou com raiva e raramente se atreve a fazer algo diferente, com certeza você será uma esposa sem graça.

  • 21
  • 3. As esposas acham que por terem se casado seus maridos são obrigados a amá-las

    É muito triste encontrar mulheres que acham que seus maridos nunca as deixarão, sempre estarão ao seu lado e que o amor é uma luz que nunca se apaga. Que grande erro! Para que alguém nos ame constantemente é necessário trabalhar para nutrir esse amor, não perder as coisas que nos fizeram se apaixonar por essa pessoa e nunca deixar de nos esforçar para servir e cuidar dessa pessoa. Normalmente as mulheres casadas cometem um erro por exigir flores e outros mimos que tinha durante o namoro. Não exija, ofereça. Ninguém é obrigado a ficar com você, se ficam é porque querem. Toda vez que você exige tempo, atenção ou coisas, está apenas confirmando que você não consegue as coisas sozinha, que você precisa ou depende de alguém para ser feliz. Quando você se interessar em si mesma, eu vou repetir, você vai se tornar irresistível. Pessoas que sabem estar consigo mesmas, são as mais interessantes.

  • 15
  • 4. As esposas estão constantemente envolvidas em tentar mudar seus maridos

    Algumas mulheres estão extremamente ocupadas “melhorando” seus maridos e o único que conseguem é fazê-los sentir como se não fossem bons o suficiente ou que não estão à altura das circunstâncias ou expectativas e isso acaba com eles. O desejo de melhorar deve nascer em nós mesmos e tentar mudar os outros é um ato egoísta. Você se casou com um homem, não com uma criança que você precisa terminar de criar.

  • 16
  • 5. A culpa é sempre da outra

    Ao contrário do que muitos pensam, a infidelidade nos homens tem pouco a ver com as relações íntimas ou beleza física da mulher. É comum se surpreender ao ver que “a outra mulher” ou inclusive “a segunda esposa”, geralmente não são tão graciosas como a esposa ou como aquela a quem foram infiéis; mas são mais alegres, mais relaxadas, menos rigorosas e cheias de vida. Os homens frequentemente procuram alguém para conversar, que os escute e não os julgue ou critique; que não lhes diga o que ou como fazer as coisas, que não seja controladora ou dominante. Muitas vezes descobrimos que eles valorizam e agradecem muito ao encontrar uma mulher limpa, arrumada para ele e de bom ânimo, não alguém para brigar ou discutir sobre os filhos e os gastos de casa. Então, seja prudente. Lembre-se que para discutir temas ou assuntos difíceis, você deve procurar o momento e o lugar certo.

    Vou repetir a frase do início, ser infiel é uma decisão pessoal e não é sua responsabilidade as decisões que seu parceiro toma.

    Sua responsabilidade é trabalhar em sua autoestima, seu aperfeiçoamento e naqueles defeitos de caráter ou maus hábitos que você pode ter.

  • 17

Fotos: Tʜє ᗯɪʟᴅ Sɪᴅє
Fonte: Sarah Pierina do original Lo que los hombres encuentram fuera de casa com otras mujeres.

Sua responsabilidade é trabalhar em sua autoestima, seu aperfeiçoamento e naqueles defeitos de caráter ou maus hábitos que você pode ter.

Do outro lado da folha

1

Um dos baratos da Folha é que ela tem muitas folhas, e cada folha tem muitos lados. Toda semana, do outro lado da folha, um filósofo diz o oposto —diametral— do que eu digo do lado de cá (se você colocar a coluna contra o Sol, consegue ler o que ele diz, mas não tente fazer isso no on-line).

Às vezes, ele alfineta: “As mulheres não gostam dos homens de direita e preferem os esquerdistas. É muito difícil para um homem de direita pegar mulher”.

a27

Em primeiro lugar, isso não é verdade. Existe a direita-pegadora, a direita-cafajeste, a direita-thug-life. Berlusconi coleciona amantes mundo afora. Sarkozy se casou com a mulher mais estonteante do planeta. Aécio personifica a direita festiva —é o rei do camarote e do Leblon. Vamos ser sinceros: talvez não seja dos homens de direita que as mulheres não gostam. Talvez —hipótese— seja de você.

Não sei se isso serve de consolo, mas, lendo sua coluna, tenho a impressão de que você também parece não gostar delas. Será que não é por isso? Sim, talvez não seja por causa da careca, nem do cachimbo. As pessoas têm essa mania estranhíssima: parecem não gostar de ser maltratadas. E o conjunto “pessoas” (pasme!) inclui o conjunto “mulheres”. Tem mulheres que gostam de apanhar, é claro. Assim como tem homens que gostam também.

4

E essa é a novidade pavorosa. Homens e mulheres são bastante parecidos. Mas há uma diferença anatômica! Um piu-piu é muito diferente de uma pepeca! Pois há mulheres que nascem com piu-piu e homens que nascem com pepeca, e há inclusive quem nasça com piu-piu e pepeca, e há quem mude de piu-piu para pepeca, e vice-versa, e cada um é o que for independente do formato da jeba, ou da racha.

Se já não é a saia que define a mulher, professor, e nem o que elas têm debaixo dela, o que é que une essa classe imensa de pessoas a que chamamos de “mulher”? Nada. A não ser, talvez, o fato de que elas não gostam de ser tratadas como se fossem uma pessoa só.

a24

Resumindo: ser liberal não é o problema. O problema é ser misógino. Não estou certo de que todo liberal partilhe dos seus preconceitos. Quando o senhor destila machismos como se fossem de direita, pega um pouco mal para direita. Há muitas direitas, o senhor deve saber. Há, inclusive, mulheres na direita. Muitas delas (pasme!) são economistas. Sim, hoje em dia elas pensam por conta própria. Algumas inclusive (dizem) são feministas E de direita. Uou! “Mindfuck.”

E há, também, muitas esquerdas. E a esquerda que o senhor diz que pega mulher —aborteira, maconheira, festiva— representa uma parcela muito pequena da esquerda hoje em dia —infelizmente. A “”esquerda”" (pode contar, pus oito aspas) que está no poder —corrupta, reacionária, populista— só quer saber de se perpetuar no poder.

a25

Seu conceito de esquerda está ultrapassado. Seu conceito de mulher está ultrapassado. Seu cachimbo também, mas ele é legal.

Fotos: SwannSong’s Erotica
Fonte: Folha de S. Paulo/Gregorio Duvivier

a26

Homens e drinques: saboreie com moderação

a26

Homens e drinques têm muito em comum: por mais que sejam deliciosos, basta exagerar um pouco na dose para ter a maior dor de cabeça. O segredo, então, é saber qual provar em cada situação. Você não vai mais procurar pelo melhor da sua vida - vai esperar por ele enquanto se diverte com os outros.

A verdade é que ficamos tão cansadas de buscar o homem perfeito que resolvemos sair com vários ao mesmo tempo – e aproveitar o melhor de cada um (assim, teríamos o pacote todo). Então ter várias frações em vez de um cara completo virou tendência.

No livro The Gaggle (inédito no Brasil), a autora Jessica Massa lista os homens que as mulheres devem cultivar simultaneamente. Pense nisso como uma happy hour: tem os drinques mais alcoólicos, os mais leves, os que combinam com uma tarde quente ou uma noite de sábado… Até encontrar seu preferido, é preciso experimentar - o que não quer dizer que você deva se apaixonar por todos. Por isso, NOVA montou um cardápio delicioso para você se divertir até achar o melhor.

a25

Para fazer sexo gostoso

Quando pedir - Em ocasiões especiais – como aquele champanhe que você estoura para comemorar a promoção.
Descrição - É daqueles que você chama quando precisa turbinar a autoestima e quer se lembrar de como é bom ser desejada – e, sim, se sentir a mulher mais sensacional do mundo. Conhece detalhes do corpo feminino – e faz aqueeele sexo oral. Com esse homem, você terá uma noite incrível. Mas, como um bom destilado, não vai sobrar para o dia seguinte – e você terá que esperar outro motivo especial para procurá-lo na sua lista de contatos.
Dose - Esse cara deve ser mantido na sua vida para sempre – mas tirado da geladeira só às vezes para não perder a graça.
Teor alcoólico - Alto. Uma noite com ele é tão poderosa que deixa você fora de si – e, como uma vodca de qualidade, não dá dor de cabeça depois.

a24

Para ampliar seu network

Quando pedir - Na noite de domingo, quando pensamentos como “Será que ainda dá tempo de ficar doente?” invadem sua mente – ele vai atualizar seu LinkedIn!
Descrição - Quase um workaholic, dá as caras poucas vezes ao mês – então, não precisa se preocupar em dar um perdido. Mais amargo, não vai enchê-la de elogios, mas sabe incentivá-la na medida certa. Como umchope bem geladinho, deixa você à vontade e provoca discussões interessantes na mesa de algum barzinho cool da cidade – sem hora para acabar!
Dose - Sempre vai ter um cantinho especial dentro do armário para ele. É muito mais um amigo com conselhos do que um amigo com benefícios – e isso sempre cai bem, não é?
Teor alcoólico - Baixo. Ele é uma boa companhia – e você nem precisa maneirar na dose!

a23

Para entrar vip nas baladas

Quando pedir - Sabe aquele sábado à noite em que nenhuma amiga está a fim de sair e a última coisa que você quer é ficar em casa fuçando o Facebook do ex? Pode ligar para ele! Esse cara garante momentos de diversão e glamour – na balada, não na cama.
Descrição - É engraçado e está sempre rodeado de amigos. Provavelmente, você não quer nada sério com ele. Mas vocês têm o mesmo gosto musical e dão risada juntos – tudo isso sem pegar fila na balada! Ele dá bons conselhos e levanta seu astral – o gato vai, inclusive, apresentar você aos amigos mais gente boa que ele tem.
Dose - Pode estar em sua vida sempre, mas não todo fim de semana – principalmente depois de arranjar um namorado (é o tipo que desperta muito ciúme nos homens).
Teor alcoólico - Leve. Ele faz você se sentir bem melhor – ex, quem?

a22

Para fazer programas cult

Quando pedir - Sempre que estiver a fim de assistir a um filme francês, passar o dia numa galeria de arte ou quando a insônia bater e precisar de companhia para trocar SMS de 30 mil caracteres sobre assuntos densos.
Descrição - Ele a desafia intelectualmente e faz você questionar suas decisões. Indica bons livros e as bandas mais descoladas do momento – e faz de você a mulher mais atualizada da turma. Mais: é a prova de que ainda existem homens fofos. É como uma caipirinha: às vezes é preciso uma bebida mais docinha para quebrar o amargor das outras (só cuidado paranão enjoar, ok?).
Dose - Deve fazer parte da sua happy hour forever – desde que nãomonopolize seu cardápio.
Teor alcoólico - Moderado. Na manhã seguinte, você vai querer ler sua NOVA na cama – e ele não irá embora.

a21

Para viajar

Quando pedir - Nas férias, nos feriados e até nas escapadas durante a semana. Cuidado: vicia!
Descrição - Ele é tudo de bom: companheiro, divertido, zero frescura. Umfim de semana ao lado dele faz você se esquecer de todos os outros homens da sua lista (eis o perigo). Ele é como aquele vinho incrível que você provou numa cantina exótica da Itália – você não encontra quando volta para casa. Então, quando o fim de semana acaba, o romance acaba também. Afinal, fazer a história durar além do aeroporto é arriscado – elenão quer se comprometer.
Dose - Mantenha-o em sua vida enquanto estiver solteira – ou até sentir que está viciada nele. Neste caso, chame a BFF na próxima viagem.
Teor alcoólico - De tão leve, você exagera sem sentir o efeito. Resultado: fotos lindas no Facebook – e muita dor de cabeça.

a20

Para ter uma DR

Quando pedir - Naqueles dias em que você está cansada da vida de solteira e precisa de uma aventura dramática para valorizar sua liberdade.
Descrição - Não importa o programa. Com ele, você sempre sabe como a noite vai acabar: numa DR chata. É o cara indefinido da sua vida: vocês nunca sabem para onde vai a relação, mas adoram conversar a respeito. Esse cara pode ser um ex-namorado, um ex-rolo ou um futuro rolo que logo vai virar ex pelo simples fato de pegar muito no seu pé.
Dose - Ter esse cara por perto é perigoso. Primeiro porque ele pode estar apaixonado e, quando você quiser descartá-lo, talvez não seja fácil. Segundo, porque um dos dois pode se magoar.
Teor alcoólico - É o mais forte de todos – e, como um uísque de péssima qualidade, toda vez você jura nunca mais bebê-lo novamente.

013

// Elas testaram e aprovaram!

Conheça as histórias de algumas de nossas leitoras que não se sentiam completas com um cara só e agora se dividem entre 3, 5… 20

“Tudo começou com um pé na bunda bem doloroso. Depois disso, prometi que nunca mais ficaria com um cara que me completasse mais ou menos. Então, em vez de colocar expectativa em cima de um só, dividi a responsabilidade e comecei a sair com vários! Consigo conciliar sem problemas e tem dado supercerto! Alguns sabem da `lista¿, outros não. E tudo bem, ué. Tô aproveitando o melhor de cada um até achar um mais completo – bom, se é que existe, né? O importante é que estou bem mais feliz.”
M.B, 28 anos, agente de turismo.

012

“Tenho alguns em stand-by: um é aquele cara leve, com quem posso bater papo e tomar umas caipirinhas no domingo à tarde (com ele, não transo). Também faço aula (e sexo) com um personal trainer – é ótimo para a minha autoestima! O terceiro só aparece às vezes para passar a noite. É meu preferido, mas não deixo entrar para a lista oficial porque posso me apaixonar – e ele mora em outra cidade.”
G.A., 26 anos, gerente de produto

“Sou aeromoça, e namorar sério é bem complicado. Mas conheço muitos caras interessantes nas cidades por onde passo: só em Paris, saio com dois. Quando quero ir para a balada, ligo para um francês que conheci num café. O outro conheci no Louvre (ai, que chique!) e, com ele, o roteiro é sempre mais romântico. Sem contar com um dos pilotos da minha equipe, que, por viver a mesma rotina que eu, me entende mais do que qualquerum.”

H.R., 27 anos, aeromoça

Fotos: Sensuale
Fonte: M de Mulher

8

Homens são todos iguais

a37

Não, os homens não são todos iguais. É, infelizmente ainda não inventaram um manual de instruções para nos ajudar a agradar (e ser agradada por) qualquer cara na cama (embora algumas coisinhas façam sucesso com todos eles…). O que o gato curte ou deixa de curtir na transa pode variar muito se para ele mutantes lembra mais uma banda de rock do que o filme X-Men. Então, para você poder impressionar todos eles e aproveitar o que os gatos de cada faixa etária têm de melhor, NOVA ouviu homens de 20 a 40 anos e descobriu o que eles mais gostam de fazer e receber na cama.

a36

// Aos 20 anos – Egoístas

Nessa fase, eles estão com os hormônios à flor da pele. Oba! Sexo sem descanso! Mas isso não significa, necessariamente, maior satisfação… pelo menos não para as mulheres. “Eles estão mais preocupados com o próprio prazer”, diz Carla Cecarello. Então, não espere receber um sexo oral incrível daquele gatinho de 20 anos, fã de The Big Bang Theory. “Eu até faço, mas prefiro receber”, diz o engenheiro L.Costa, 22 anos, do Rio deJaneiro. Egoístas? Talvez um pouco. Mas a principal explicação é a imaturidade. “Eles estão descobrindo o sexo, querem mais é gozar”, diz a sex trainer Fátima Moura, de São Paulo. E muito. Por isso são incansáveis. Apesar da disposição para testar as posições do Kama Sutra, loucuras na cama, para esses gatos, ficam melhores em filmes pornográficos, que eles preferem ver sozinhos. “Fico constrangido de assistir com a minha namorada”, diz o assistente de marketing A. Santos, 23 anos, de São Paulo. Nem mesmo a maior fantasia sexual masculina parece animá-los. A maioria dos entrevistados diz que gostaria de transar com duas mulheres, mas na hora H… “Tive a oportunidade e fiquei com medo de não dar conta das duas”, diz o estudante paulista R. Bergmann, 21 anos. O bom é que, se você for um pouquinho mais experiente, ele vai ficar impressionado. Tudo isso motivará o gato a arregaçar as mangas, pois mulher assim não aparece todo dia…

a35
// Como ter o cara de 20 aos seus pés
Para ganhar o troféu sexpert – Vende os olhos do parceiro, tire a roupa dele e beije seu corpo aleatoriamente: peitoral, suba para o pescoço, vá para as pernas… A expectativa é o truque. Quando você cair de boca, ele vai delirar.

// A posição infalível 

Cavalgada erótica / Você por cima. Ele fica sentado no chão com os braços para trás e as pernas cruzadas. Apoiando-se nos ombros dele, sente-se em seu colo e curta a delícia de ser penetrada devagar.
Como fazê-lo deletar as outras da agenda – Alimente a fantasia do ménage (ele não vai ter coragem de realizar…): peça para o gato imaginar que vocês estão com outra mulher e fale o que você vai fazer em conjunto com ela.

// Para não esfriar a relação  

Nunca diga que ele não sabe dar prazer a você. Atitudes valem mais do que palavras. Ele não fez direito? Mostre como você gosta.

60% dos homens na faixa dos 20 anos preferem receber a fazer sexo oral.
93% dos gatos de 20 e poucos anos adoram assistir a pornografia.

a34

// Aos 30 anos – Solícitos

Eles já namoraram sério, também fizeram bastante sexo casual, testaram novas posições, realizaram fantasias… Ou seja, se não passaram as noites do final de semana em casa vendo Mad Men ou jantando com a mãe, já sabem o que querem e tiveram bastante tempo para descobrir o que lhes dá prazer. Chegou a hora de tornar o mundo melhor – e o seu orgasmo também! “O homem de 30 anos está mais seguro de seu desempenho e menos ansioso“, diz o sexólogo americano Ian Kerner, autor do livro She Comes First (“Ela em primeiro lugar”, em tradução livre). Ótimo, eles trocaram o tesão pelo carro tunado pelo tesão em agradar as mulheres – e, oba, isso inclui fazer sexo oral! O publicitário R. Moreno, 30 anos, de São Paulo, namorou uma mesma mulher por oito anos. Só depois de dois anos do término e da experiência com outras garotas começou a soltar a língua. “Passei a praticar mais sexo oral, coisa que eu quase não fazia. Hoje gosto muito mais de dar prazer”, diz.

a33
O mesmo vale para as outras preliminares. O arquiteto L. Toth, 28 anos, de São Paulo, não era do tipo que se empolgava com muitos beijinhos, carinhos e abraços. “Sempre fui um cara ansioso para a hora da penetração. Não tinha muita paciência para preliminares. Agora percebi que elas são um complemento importante e que deixam o casal mais íntimo”, diz. E, se você estiver a fim de realizar fantasias e fazer loucurinhas na cama, os trintões são os caras – pensa só, Christian Grey, de Cinquenta Tons de Cinza, tem só 27! “Quando um homem alcança os 30, ele é confiante o suficiente para compartilhar os desejos com você”, diz Kerner. “Nunca achei que iria curtir usar brinquedos sexuais. Hoje eu posso até topar levar chicotadas”, diz o músico V. Giglio, 30 anos, de São Paulo. Outros vão além. O advogado paulista B. Tenório, 38 anos, encarou a experiência de receber carinho no ânus a pedido da esposa. “No começo, achei um absurdo e discutimos. Mas acabei deixando que ela me tocasse lá e até curti. Quando eu era mais jovem, jamais permitiria isso”, conta.

a32

//Como ter o cara de 30 aos seus pés
Para ganhar o troféu sexpert – Já que esse gato curte preliminares looongas, mostre que você tem imaginação de sobra para aproveitar ao máximo esse momento. Proponha joguinhos sexuais: que tal passarem 15 minutos se acariciando sem poder usar as mãos? Como o cara de 30 é ousado, ele também pode adorar um convite para um curso de massagem tântrica a dois.

//A posição infalível 

Meio a meio / De joelhos, frente a frente, encaixem os corpos num abraço apertado. Será quase inevitável balançarem para a frente e para trás apoiando os pesos nos pés e acelerando pouco a pouco o ritmo da brincadeira. É a posição ideal para o cara que quer agradar a parceira. Como a postura dos dois é exatamente a mesma, vocês podem dividir o controle da situação.

//Como fazê-lo deletar as outras da agenda 

Os trintões adoram nos dar prazer, lembra? Sussurre no ouvido do gato, durante a transa (ou nas preliminares), quanto ele deixa você louca e como ele é bom em fazer você gozar (seja específica: “Adoro quando você me lambe assim”, “Amo sentir você dentro de mim nessa posição”).

// Para não esfriar a relação

Em hipótese alguma toque o ânus dele sem perguntar antes se o gato se sente confortável com esse tipo de carícia. Nessa idade, eles são mais abertos, mas às vezes nem tanto…

55% dos homens de 30 anos preferem fazer a receber sexo oral
575 dos caras de 30 anos curtem ver filmes pornográficos acompanhados

a31

// Aos 40 anos – Exigentes

Se o seu objetivo for fazer sexo sem compromisso, esse não é o cara - ele vai ligar no dia seguinte. “Aos 40, eles já estão preocupados em ter uma companheira”, diz Carla Cecarello. “Prefiro fazer sexo com a namorada, mas agora sou um cara mais aberto. Topo brincadeiras, incluindo outra mulher ou até outro homem”, diz o publicitário R.Santos, 41 anos, de São Paulo. É nessa idade que eles geralmente tomam coragem para realizar as fantasias mais ousadas. O professor paulista A. Matos, 40 anos, sempre sonhou em dividir a cama com mais de uma mulher. Mas só realizou o desejo há alguns meses. “Minha namorada é muito liberal. Foi ela quem deu a sugestão. Sempre achei a ideia interessante, mas nunca tive coragem de dizer isso a outras namoradas”, diz.
Os homens mais velhos têm a necessidade de combater o tédio. “Por isso não têm quase nenhum tabu”, diz Kerner. O que inclui convidar você para sessões de filmes eróticos e otras cositas. “Descobri como é bom dar uns tapas fortes”, diz A. Matos. Mas nem tudo é uma maravilha… Os quarentões têm (falta de) entusiasmo parecido ao dos rapazes de 20 para fazer sexo oral. “Só se for com uma mulher em quem eu esteja interessado de verdade”, diz o consultor de RH R. Berti, 42 anos, de Belo Horizonte. “Muitos já estão acomodados. Falta disposição. Os divorciados são os mais ativos”, diz Fátima Moura. Fica a dica!

a29

//Como ter o cara de 40 aos seus pés
Para ganhar o troféu sexpert – Convide-o para um jantar romântico na sua casa. Depois mostre sua coleção de vibradores. Ele não entendeu como funciona aquele massageador em forma de polvo?

//A posição infalível 

Papai e mamãe turbinado / Deite-se com dois travesseiros sob o bumbum, joelhos dobrados e pernas afastadas. A penetração ficará mais profunda, a fricção no clitóris será maior e estimulará o ponto G.

//Como fazê-lo deletar as outras da agenda 

Orgasmo sincronizado é sinônimo de intimidade (tudo de que esse gato mais gosta). Quando sentir que ele está quase lá e você não, pare e voltem às preliminares.

a28

// Para não esfriar a relação 

Não proponha um ménage com dois homens (caras de todas as idades não curtem essa ideia, mas os de 40 detestam ainda mais).

53% dos gatos de 40 anos preferem transar com a parceira.
50% dos caras de 40 anos não fariam ménage com outro homem.

Fotos: SwannSong’s Erotica
Fonte: M de Mulher

a27