Um novo Brasil em cinco passos

Os jovens eleitores do ano 2013, que saíram às ruas (aos milhares) pedindo saúde, educação, honestida e decência com o dinheiro público, agora têm cinco (nossa sugestão) bons motivos para voltar às ruas em protesto. Mas, desta vez, embasados em dados concretos.

Mapa do Brasil1. A concentração da renda e da riqueza é uma marca inalienável do Brasil. De acordo com o Atlas de exclusão social — Os ricos no Brasil (Campos, 2004), somente 5 mil clãs apropriam-se de 45% de toda a riqueza e renda nacional, embora o país tenha mais de 51 milhões de famílias.

2. … perceber que a distância da separação entre o menor e o maior salário no país chega a atingir quase 2 mil vezes parece inacreditável nesse início de terceiro milênio.

3. … desde 1995, por decreto do ex-presidente Fernando Henrique Cardoso, empresários não pagam imposto sobre distribuição de lucros e dividendos.

4. De acordo com a Pesquisa de Orçamento Familiar (POF) do IBGE, o trabalhador que recebe mensalmente até dois salários mínimos mensais tem uma carga tributária de até 48% do seu rendimento. [...] Já o trabalhador com remuneração superior a 30 salários mínimos mensais, deixa para os impostos somente 26% de sua renda.

5. … pagamento de juros da dívida interna, que saltaram de 1,8% do PIB em 1980 para 5 a 6% atualmente.

O Demônio passa ao lado

Demon1Carro conceito – Dodge Demon. Pra quem gosta.

O ritual dos fabricantes de lançar carros-conceito continua em pleno andamento. E um dos nossos favoritos é o Demônio. Literalmente. Sim, o Dodge Demon.
Demon 2Demon 3
Depois de uma perspectiva particularmente tentadora quando o Demônio fez sua aparição no salão de Genebra (Suiça). Esta foi a primeira que se pode ver o demônio (Demon) em carne e osso. Ou melhor, em motor e pneu. Além disso, o Demônio é apenas um projeto tentador. Quem sabe no futuro ? Todo mundo merece uma chance de olhar mais de perto e saborear seus detalhes surpreendentemente complexos. Com este roadster, o diabo realmente está nos detalhes.

demon 5

 

 

Fonte e fotos: Dodge

Macmaníacos enlouquecidos…

Reprodução-SonnyDicksoncomFofoca corre solta nas redações dos sites de conteúdo – Apple anuncia substituto do atual iPhone 5 no início de setembro. Segundo uma reportagem do site AllThingsD - http://allthingsd.com/20130810/circle-sept-10-on-your-calendar-for-apples-big-iphone-event/ – pertencente ao jornal Wall Street Journal, será no dia 10 de setembro.

O novo aparelho serve como leitor de impressão digital, preocupado com o roubo dos aparelhos. Acredita-se que o smartphone será chamado de iPhone 5S. Criativo, não?

Segundo as fofocas do sites chineses, o aparelho virá equipado com a tecnologia NFC, para transmissão de dados entre dispositivos, e de uma nova câmera fotografar com 12 Mpixels. Mais, dizem que será liberado no dia 10 de setembro.

Preço: mais do que vale e menos do que aceitam pagar os fanáticos por iPhone.

Foto: SonnyDickson.com

Brasileiros têm a quarta maior fortuna offshore

Os brasileiros mais ricos têm uma fortuna estimada em US$ 520 bilhões (R$ 1 trilhão) depositados em paraísos fiscais, o quarto maior volume de recursos no mundo, atrás apenas de China (US$ 1,18 trilhões), Rússia (US$ 798 bilhões) e Coreia do Sul (779 bilhões). Isto equivale a 20% de todo o nosso PIB cotado em 2013. Ou, para quem preferir, era maior que 100% d50 reaiso nosso PIB nos anos 90.

O valor foi levantado no estudo Price of Offshore Revisited (Estimating the Price of Offshore), escrito por James Henry, ex-economista-chefe da consultoria McKinsey, e encomendado pela Tax Justice Network.

No total, os milionários de 139 países pelo mundo têm entre US$ 21 trilhões e US$ 32 trilhões depositados em “offshores” ao fim de 2010. Somente 100 mil pessoas, que formam uma elite financeira global, respondem por US$ 9,8 trilhões desse total.

Cross-border flows of global dirty money, US$ billion, annual
Low High 
 Criminal 331 549
 Corrupt 30 50
 Commercial, of which: 700 1,000
    Mispricing 200 250
    Abusive transfer pricing    300 500
    Fake transactions
200 250
 TOTAL 1,061 1,599
dolaresFonte original: http://www.taxjustice.net/

Como será o mercado de trabalho em 2020?

engenharia-petroleoO Sistema Firjan (Federação das Indústrias do Estado do Rio de Janeiro) realizou a pesquisa intitulada “Perspectivas Estruturais do Mercado de Trabalho na Indústria Brasileira – 2020″.

A proposta é identificar perspectivas do mercado de trabalho, no que tange à contratação e requisitos de formação educacional para carreiras em empresas industriais brasileiras, tendo como horizonte o ano de 2020.

A pesquisa fornece a estudantes, trabalhadores, empresas, instituições de ensino e governos um referencial estratégico para investimentos em educação e formação profissional..

Elaborada junto a 402 empresas brasileiras que empregam 2,2 milhões de empregados de 26 grupos da CNAE-2.0 (Classificação Nacional de Atividades Econômicas)/IBGE, a pesquisa representa as indústrias extrativa, de transformação e da construção civil.

As nove profissões ‘top’, segundo a Firjan:

1. Supervisor de produção em indústrias de transformação de plástico.

2. Engenheiro do petróleo.

3. Técnico em sistema de informação.

4. Trabalhador de tratamento de superfície de metais e de compósitos.

5. Engenheiro de mobilidade.

6. Técnico em mecatrônica.

7. Biotecnologista.

8. Engenheiro ambiental e sanitário.

9. Desenhista técnico em eletricidade, eletrônica, eletromecânica.

A pesquisa está hospedada no site www.portalempresarial.com.br

Foto: guiadoestudante.abril.com.br.