As mulheres não são complicadas !!

50

Perdi as contas das vezes que ouvi homens e, até mesmo mulheres, dizendo que as fêmeas são complicadíssimas. Basta alguns minutos em uma roda de machos para esbarrar com afirmações que comparam a mulher com fenômenos absolutamente imprevisíveis e com coisas impossíveis de serem compreendidas pela lógica racional. Certa vez, em um churrasco, ouvi um cara dizendo que é mais fácil antever a vinda de um tsunami, sem instrumentos meteorológicos, do que prever a mudança de humor de uma mulher. Tenho um amigo que se casou três vezes e que, mesmo depois de tantos matrimônios e anos de convivência intensiva com exemplares do sexo feminino, faz questão de falar, com convicção: “Quanto mais convivo com as mulheres, menos as entendo!”.

Eu mesmo, por influência do discurso repetitivo e generalista dos homens da minha família, já fui do tipo que insiste em colocar as mulheres no mesmo patamar de hipóteses nebulosas, como a existência de vida fora da Terra e a reencarnação. Porém, acredite se quiser, depois de muito observá-las, com atenção extrema e real vontade de compreendê-las, hoje, sem medo, eu digo: entendê-las é bem mais fácil do que pintam por aí através de clichês, bordões e piadas de bar. E, se quer saber, apesar das emoções visivelmente complexas e dos hormônios notoriamente capazes de influenciar suas atitudes, acho que as mulheres são seres compreensíveis e bem mais fáceis de entender do que uma equação de terceiro grau.

51

O primeiro passo para entendê-las é o mesmo necessário para a compreensão de qualquer troço que desconhecemos. Antes de qualquer coisa, se quisermos verdadeiramente saber aquilo que navega dentro da cabeça delas, precisamos parar de dizer “elas são um bicho de sete cabeças!”. Afirmar que você nunca as entenderá é um ótimo começo para continuar no breu da ignorância, sendo mais um dos tantos que preferem compará-las a coisas que nem Freud pode explicar.

A primeira coisa que precisa saber sobre elas é: a TPM é um espírito zombeteiro capaz de fazê-las agir de maneira irracional, multipolar e inesperada. Isso mesmo! Quando sua mulher mudar da água para o sangue, irmão, ao invés de compará-la com o clima mutante do Brasil ou de sugerir que ela tome remédios para bipolaridade, simplesmente aceite que, “naqueles dias”, ela agirá feito uma marionete instável e controlada pelos hormônios. Sabendo disso, fica bem mais fácil não pirar e não se sentir o mais ignorante dos burros. Enquanto ela estiver sob efeito do furacão El Chico, apenas faça o possível para desviar das facadas e para conter as lágrimas que brotam do nada. Com carinho sincero e chocolates que derretem na boca, é possível evitar as mordidas afiadas que buscam as zonas vitais. Se assim fizer e se, com maestria e paciência, sobreviver para acalmá-la no período de insanidade mental, ganhará muitos pontos com ela. E, com demasiada sorte, no Lulu.

31

A segunda e não menos importante coisa que tem que entender a respeito delas é: o que elas querem, de verdade, não é dinheiro, não são rosas e muito menos aqueles cartões que já vem com mensagens prontas e universais. É claro que o dinheiro, em um mundo capitalista como o nosso, poderá proporcionar experiências interessantes, carne de primeira e ambientes refrigerados. É óbvio que um belo buquê somado a um cartão genérico, apesar dos dizeres universais, fará com que ela sorria. Mas, o mais importante, sem dúvida alguma, são as demonstrações que enfatizam o quanto você a percebe como peça única, em meio a esse extenso quebra-cabeça chamado população mundial. Entendeu? As flores são lindas, ninguém duvida disso, mas, se optar por elas como presente, não deixe de utilizá-las como argumento para exposição do quanto você repara nas particularidades da sua mulher. Como fazer isso? Simples! Não deixe a vendedora da floricultura dizer qual flor você deve dar à moça que você ama. Escolha você aquela que mais combina com ela e que fará com que ela pense: “Caramba, ele realmente prestou atenção quando eu disse que minha cor preferida é o lilás e quando eu parei para fotografar as orquídeas que brotaram na minha rua!”. Talvez você toque a campainha dela com um cacto em mãos, ao invés de portar um pomposo arranjo de rosas colombianas. Mas se esse estranho espinhoso vegetal for um símbolo do quanto percebeu a unicidade da sua mulher, saiba que, graças a ele, incitará alegria incontestável.

32

Ela tem alergia a flores? Não se desespere. Você possui, ao seu alcance, diversas formas de mostrar a ela que a conhece bem e que presta atenção nas minúcias dela. Pedindo para o garçom desligar o ar condicionado do restaurante, antes mesmo de ela dizer que está morrendo de frio, por exemplo. Já que sabe o quanto ela sente dor nos pés depois de usar salto quinze, que tal fazer uma massagem nos pés dela assim que chegarem em casa, depois do casamento e antes mesmo que ela tenha a chance de se queixar de cansaço? Não espere ela pedir, faça. Garanto que pequenas atitudes como essas farão com que ela se sinta compreendida ao seu lado.

Por fim, mostre que a entende, muitas vezes, mais do que ela mesma é capaz. Agora é a hora que me perguntará: “Como posso entendê-la mais do que ela mesma consegue, sem ser vidente ou cartomante?”. Saiba que olhá-la de fora, em muitos casos, permite uma percepção mais clara e nítida das características pessoais dela. É mais fácil entender um furacão quando não estamos rodopiando dentro dele. A mesma lógica é válida no entendimento da sua mulher. Se olhá-la à distância, perceberá, com clareza, sintomas que nem ela sabe expressar ou que, por vaidade, vergonha ou falta de autocompreensão, ela não assume ou nem sabe que tem. O genial poeta Paulo Leminski possui uma frase muito interessante: “Repara bem no que não digo”. Por isso, irmão, não hesite em prestar atenção no silêncio dela. Porque se realmente quiser captá-la, precisará de muito mais do que palavras e indícios mastigados.

33

O que as mulheres querem? Eu sei! Elas anseiam por demonstrações que as façam se sentir especiais e únicas. Elas não querem e nem esperam que repare nas imperfeições delas, mas querem que demonstre, com bilhetes particulares colados na geladeira e com beijos calmantes na ponta do nariz, que reparou naquilo que as torna diferentes do resto.

Captou a mensagem? Entender as mulheres não é tão difícil assim, é? Difícil mesmo é perceber quando elas cortam dois dedos do comprimento do cabelo. Complicado, de verdade, é entender o que o Stanley Kubrick quis dizer com o monólito negro voador que aparece no filme “2001: Uma Odisséia no Espaço”. Sua mulher, meu velho, só quer fugir do plural e ser percebida graças às muitas singularidades que carrega na passarela da vida.

Fotos: Les deux tentatrices
Fonte: Entenda os Homens/Ricardo Coiro

34

A vida como ela não é

46

Vivo num dilema mais sério que o de Hamlet. Se ele se preocupava em ser ou não ser, eu me preocupo em amar ou não amar a internet. Detalhe: num mundo em que tudo gira em torno internet. Em que os preguiçosos afastam a barriga do fogão e se limitam a presentear o colesterol com alguma comida industrializada pedida pela internet. Em que os amantes à distância, numa tentativa desesperada de resolverem a saudade e o tesão reprimido, fazem sexo pela internet. Em que os colegas de escola abrem mão das deliciosas reuniões em casa, regadas a bisnaguinha com requeijão e laranjada, para fazer trabalhos escolares pela internet.

Se por um lado, a internet nos permite fazer coisas maravilhosas – como rir de memes engraçadíssimos, ouvir o Spotify-nosso-de-cada-dia, ler livros completos sem sair do quentinho do cobertor, ter acesso a uma mídia menos tendenciosa e assistir Netflix-amor-sincero-amor-verdadeiro (<3) –, por outro, ela é um antro de insuportabilidades.

45

Todo mundo feliz, lindo, maravilhoso, penteado, disposto, sarado. E eu triste. Descabelada. Com preguiça de tomar um simples banho. E com uma vontade celestial de dormir ou de sabotar a academia para assistir Netflix de pijama.

Todo mundo com uma vida social de dar inveja a Amaury Junior: look impecável, nos lugares mais badalados, segurando uma garrafa de Ciroc. E eu de sapatilha, lápis de olho borrado, no inferninho da esquina e tomando Bavária.

Todo mundo na pegada “love my job”, mesmo que esse “job” seja atender clientes mal-educados, tropeçar a cada puxão de tapete dos colegas e suportar um chefe egocêntrico. E eu pedindo demissão a cada ano e chegando cada vez mais perto da irrefutável e trágica conclusão de que nunca nessa vida vou encontrar um trabalho que me faça minimamente feliz.

44

Todo mundo homenageando a BFF nesse último dia dos amigos, com juras de amor eterno e lembranças ~daquela tarde com filme, pipoca e brigadeiro na frente da TV, risos~. E eu pensando que nunca tive melhores amigos. Não porque sou sozinha ou chata ou introspectiva, mas porque sempre me dei muito bem com os mais variados perfis de pessoa e transitei tranquilamente entre os mais diversos grupos – até mesmo entre rivais –, o que me leva a ter dificuldades de cultivar uma única amizade com tanta intensidade.

Todo mundo almoçando com a família perfeita, num restaurante perfeito, à mesa os talheres perfeitos para uma refeição perfeita. E eu no terminal Sacomã, em pleno domingo, esperando o ônibus chegar pra poder ir à casa dos meus pais comer, num prato Duralex âmbar que eles ganharam de presente de casamento, arroz e feijão com bife acebolado e salada de alface e tomate.

43

Todo mundo fazendo coisas extraordinárias, e eu fazendo o trivial. Todo mundo em companhias inacreditáveis, e eu na sutil companhia daqueles que eu vejo todo dia. Todo mundo expondo virtudes, e eu escondendo defeitos.

Os eufóricos que me desculpem, mas um pouco de melancolia, de vez em quando, é fundamental.

Fotos: Les deux tentatrices
Fonte: Entenda os Homens/Bruna Grotti

42

Perfumes usados por mulheres que traem

7

O site de relacionamento extraconjugal “Gleeden.com” tentou descobrir o cheiro da traição feminina e perguntou a mil mulheres que traem quais são os seus perfumes prediletos. Entre as 10 fragâncias mais escolhidas pode se observar o predomínio de perfumes com notas quentes, usando especiarias, e florais. Às solteiras que quiserem se inspirar na arte da conquista, fiquem de olho nessa lista, e aos homens casados, fiquem de olho (ou com o nariz) em suas esposas! Confira a seguir a lista dos 10 perfumes mais usados por mulheres que traem:

10 – L’air du Temps

dutemps

Marca: Nina Ricci

Família Olfativa: Floral picante

Notas:

  • Notas de topo: Cravo, Pêssego, Néroli, Bergamota, Rosa, Pau-Brasil, Aldeídos
  • Notas de coração: Alecrim, Cravo, Gardênia, Violeta, Orquídea, Trevos, Raiz de Orris ou Lírio Florentino, Jasmim, Ylang Ylang, Rosa
  • Notas de base:  Especiairias, Íris, Âmbar, Sândalo, Almíscar, Benjoin, Musgo de Carvalho, Vetiver, Cedro

Tipo de Concentração: Eau de Toilette (6% a 12%)

Ano: 1948

Palavras da marca: “Criado em 1948, L’Air du Temps é uma ode à paz, amor e liberdade. Esta essência da feminilidade absoluta celebra a juventude eterna. L’Air du Temps é também o ar que respiramos, o humor do momento, o reflexo de cada época.”

8

9 – Trésor

trezor

Marca: Lancôme

Família Olfativa: Oriental Floral

Notas:

  • Notas de topo: Abacaxi, Lilás, Pêssego, Flor de Damasco, Lírio-do-Vale, Bergamota, Rosas
  • Notas de coração: Íris, Jasmim, Heliotrópio, Rosa
  • Notas de base:  Damasco, Sândalo, Âmbar, Almíscar, Baunilha, Pêssego

Tipo de Concentração: Eau de Parfum (10% a 20%)

Ano: 1990

Palavras da marca: “O amor é um tesouro. Trésor Eau de Parfum abre-se com uma chuva de pétalas de rosas e brotos de damasco, iluminado por um halo de notas puras e brancas das flores da pêra. Juntam-se o lírio-do-campo, a baunilha, a baunilha-dos-jardins e a íris, emitindo um toque de sedução. Frescos aromas florais, frutas frescas e uma exótica harmonia de tenuíssimas partículas, o Trésor é tudo isso e mais: seu segredo se encerra na perfeição de seu primeiro acorde: uma rosa com uma essência de âmbar, onde as notas superior e mediana misturam-se infinitamente uma com a outra. As notas bases do sândalo e do almíscar guardam esse segredo, aderindo à pele para deixar um rastro refinado de fragrância que é discreto embora inesquecível. Seu frasco, de design que extravasa beleza e vigor, aninha-se em sua mão, como um precioso tesouro. Sua fragrância luminosa oferece uma aura radiante e refinada à mulher que o usa. Uma fragrância de emoção no ar… TRÉSOR.”

 

8 – Parisienne

parisienne

Marca: Yves Saint-Laurent

Família Olfativa: Floral amadeirado

Notas:

  • Notas de topo: Oxicoco, Amora, Vinil
  • Notas de coração: Violeta, Peônia, Rosa
  • Notas de base: Sândalo, Almíscar, Vetiver, Patchouli ou Oriza

Tipo de Concentração: Eau de Parfum (10% a 20%)

Ano: 2009

Palavras da marca: “O retrato de uma mulher incrivelmente livre. Não nasceu em Paris, mas Paris adota-a. Porque ela transmite a alegria de viver e amar no momento. Ela revela-se por inteiro com esta nova interpretação, uma Eau de Toilette fresca e sensual, vibrante de energia.”

9

7- Si

si

Marca: Giorgio Armani

Família Olfativa: Chipre frutado

Notas:

  • Notas de topo: Cassis ou Groselha Preta
  • Notas de coração: Frésia, Rosa de Maio
  • Notas de base:  Baunilha, Patchouli ou Oriza, Ambroxan, Notas Amadeiradas

Tipo de Concentração: Eau de Parfum (10% a 20%)

Ano: 2013

Palavras da marca: “Experimente Si, a nova fragrância de Giorgio Armani. Esta fragrância luminosa foi criada para a mulher moderna que é forte, mas feminina, sofisticada, mas carismática. Ela encarna a própria essência do estilo chique e da elegância italiana. Ela diz SIM à vida! Si à Força; Si aos Sonhos; Si à Liberdade; Si ao Amor; Si para Si mesma. Si Eau de Parfum é um chipre moderno, reinventado com um profundo néctar de groselha preta, flores arejadas, e madeira almiscarada loira. O perfume é a primeira vista delicado, então se torna misterioso, e posteriormente, faz você se lembrar dela.”

 

6 – La Vie Est Belle

lavieestbelle

Marca: Lancôme

Família Olfativa: Floral frutado gourmand

Notas:

  • Notas de topo: Cassis ou Groselha Preta, Pera
  • Notas de coração: Íris, Jasmim, Flor de Laranjeira
  • Notas de base:  Patchouli ou Oriza, Fava Tonka, Baunilha, Pralinê

Tipo de Concentração: Eau de Toilette (6% a 12%)

Ano: 2012

Palavras da marca: “Lancôme apresenta um novo caminho em um mundo repleto de regras e padrões: La Vie Est Belle – um perfume de alma e luz. La Vie Est Belle é um convite: escreva a sua própria história, encontre o seu caminho, faça a felicidade à sua maneira e sua vida se tornará muito mais bonita. O frasco do perfume foi pensado para traduzir a mulher livre e feliz. Ele consiste na realização de um projeto inciado em 1949 por Armand Petitjean, fundador de Lancôme, e é um “sorriso de cristal”. E se a felicidade pudesse ser capturada em um frasco? Reinterpretado em uma estética resolutante contemporânea. Levou mais de um ano para alcançar o impossível e enquadrar o círculo: criando uma impressão arredondada do sorriso no coração do quadrado de cristal. O toque final de refinamento: uma fita perolada cinza de organza amarrada em seu pescoço, formando asas gêmeas de liberdade. Pela primeira vez, Anne Flipo, Olivier Polge e Ropion Dominique – três dos maiores perfumistas franceses – uniram seus talentos para compor uma fragrância excepcional cujo diferencial está na simplicidade. Afinal, menos é mais. Depois de 5.521 combinações, eles formularam um perfume com apenas 63 ingredientes, sendo quase metade deles de origem natural. La Vie Est Belle está disponível em 3 tamanhos.”

10

5 – Very Irrésistible

veryirresistible

Marca: Givenchy

Família Olfativa: Floral

Notas: Verbena, Anis Estrelado, Rosa, Patchouli ou Oriza

Tipo de Concentração: Eau de Toilette (6% a 12%)

Ano: 2012

Palavras da marca: “A elegância e o estilo francês encontram o clássico glamour de Hollywood.”

 

4 – Hypnotic Poison

hypnotic

Marca: Dior

Família Olfativa: Oriental

Notas:

  • Notas de topo: Alcaçuz, Amêndoa
  • Notas de coração: Jasmim Sambac, Flor de Laranjeira
  • Notas de base:  Fava Tonka e Baunilha

Tipo de Concentração: Eau de Parfum (10% a 20%)

Ano: 2014

Palavras da marca: “Inundado por acordes extremamente naturais, Hypnotic Poison Eau de Parfum extrai sua força de poderosos absolutos. O charme exuberante do absoluto de Jasmim de Sambac misturado ao confortante absoluto da flor de laranjeira é envolvido na suave, porém intensa, Fava Tonka. A nota de alcaçuz por trás da sedução de Hypnotic Poison é levada a novos patamares. Ela cria um apelo irresistível acentuado pela baunilha, um sinal imediato de gratidão. Uma atmosfera plena reina… Os frascos de Hypnotic Poison, a fragrância do mistério, são ícones absolutos. São a incorporação do fruto proibido, a tentadora maçã vermelha, e seu vidro parece envolto em lava derretida.”

11

3 – La petite robe noire

larobe

Marca: Guerlain

Família Olfativa: Cítrico floral

Notas:

  • Notas de topo: Bergamota, Amêndoa, Cereja Amarga, Bagas Vermelhas
  • Notas de coração: Rosa Negra, Chá Preto, Rosa Taif, Alcaçuz
  • Notas de base:  Fava Tonka, Baunilha, Patchouli ou Oriza, Íris

Tipo de Concentração: Eau de Parfum (10% a 20%)

Ano: 2014

Palavras da marca: “Eu sou absolutamente essencial e completamente irresistível. Eu sou a criação perfumada chique e muito elegante de Guerlain. Minha fragrância é um bordado das mais belas notas “negras” da perfumaria: cereja preta, rosa negra, patchouli e chá preto. Minha embalagem de vidro é a legendária garrafa “em formato de coração” que foi ousadamente reinterpretada com um toque moderno. É uma transparência cristalina, sombreada de preto a pó-de-rosa, revela uma silhueta do meu pequeno vestido preto, pronta para dançar!”

 

2 – Coco Mademoiselle

coco

Marca: Chanel

Família Olfativa: Chipre floral

Notas:

  • Notas de topo: Laranja, Tanjerina, Flor de Laranjeira, Bergamota
  • Notas de coração: Mimosa, Jasmim, Rosa Turca, Ylang Ylang
  • Notas de base:  Fava Tonka, Patchouli ou Oriza, Opoponax, Baunilha, Vetiver, Almíscar Branco

Tipo de Concentração: Eau de Parfum (10% a 20%)

Ano: 2001

Palavras da marca: “Vivo. Empolgante. Irresistivelmente sexy. Uma fragrância oriental moderna, fresca, sensual e abstrata. O espírito claro, simples e estruturado de Chanel. Um acorde de jasmim e rosa, leve como uma pétala. COCO MADEMOISELLE é uma interpretação completamente nova de COCO no século XXI, criada para evocar o espírito independente da jovem Coco Chanel.

12

1 – Shalimar

shalimar

Marca: Guerlain

Família Olfativa: Oriental Especiado

Notas:

  • Notas de topo: Notas Cítricas, Tangerina, Cedro, Bergamota, Limão Verdadeiro ou Siciliano
  • Notas de coração: Íris, Patchouli ou Oriza, Jasmim, Vetiver, Rosa
  • Notas de base:  Couro, Sândalo, Opoponax, Almíscar, Civeta, Baunilha, Incenso, Fava Tonka

Tipo de Concentração: Eau de Parfum (10% a 20%)

Ano: 1925

Palavras da marca: “Inspirado pela história de amor entre um imperador e uma princesa indiana, Shalimar, que significa “templo do amor” em sânscrito, simboliza a promessa de amor eterno. É uma fragrância de desejo. Com sua personalidade ardente e ligeiramente insolente, essa fragrância oriental encarna a sensualidade sobre a pele com um toque de proibido. “Usar Shalimar significa deixar os seus sentidos assumirem”, Jacques Guerlain diria. Em 1925, o vidro do Shalimar, desenhado por Raymond Guerlain, ganhou seu primeiro prêmio na Exposição de Artes Decorativas de Paris. Suas curvas foram inspiradas pelas bacias hidrográficas dos famosos jardins de Shalimar. A tampa com sua transparência safira lembra a água jorrando eternamente no jardim.

Fotos: My Sweetness Black&White
Fonte: Fonte: perfumereviews.com.br

13

 

O bom sexo em 50 tons de cinza

1

Independente da qualidade artística da obra, ela certamente gera muitas reflexões sobre a prática sexual.

Sexo é um jogo de poder, segundo nossa colunista

O conto de fadas sadomasoquista virou um drama hollywoodiano com Cinquenta Tons de Cinza que anda atiçando o público nas salas de cinema, principalmente as mulheres – apesar de faltar ao filme mais conteúdo explícito e cenas verdadeiramente eróticas.

E, por mais que a história careça de componentes da realidade, a trama é envolvente e instiga vontades, além de trazer novidades ao imaginário erótico das pessoas por aí.

Cinquenta Tons de Cinza é uma história tão inusitada que instiga reflexões sobre o comportamento humano. E do sexo, o componente principal dessa trama, podemos tirar alguns valiosos aprendizados:

2

1# Todo mundo tem seus fetiches

Há quem morra de tesão em loiras, outros preferem as orientais. Certas pessoas adoram transar em público, e existem aquelas que se excitam em observar secretamente a transa dos outros. Alguns preferem simplesmente fazer sexo com amor, ou têm preferência por partes do corpo, tipos físicos, locais, vestimentas…

Se você for a fundo em seus desejos sexuais, é capaz descobrir que fetiches sua mente guarda – um deles pode ser estapear sua parceira até fazer a pele dela latejar, como faz o protagonista de Cinquenta Tons de Cinza.

Aliás, é bom investigar seus fetiches direito. Quanto mais você souber do que gosta, mais proveitosas serão suas transas.

3

2# Sexo é um jogo de poder

Nem sempre os papéis de dominante e dominado estão bem definidos, na cama. Muitas vezes, há uma troca: certa hora, um está por cima, depois essa mesma pessoa se joga aos pés do outro. Porém, dificilmente se vê um equilíbrio na tensão sexual. Afinal, todos temos nossas preferências.

E há quem prefira dar ordens, como Christian Grey, que tem obsessão por controle. Por outro lado, algumas pessoas preferem se deixar levar e têm mais prazer em prestar obediência, como Anastasia.

4

3# Desejos podem ser incontroláveis

Nem todas as vontades podem ser explicadas racionalmente. O querer não está necessariamente ligado à razão e, às vezes, nossas volições contrariam interesses objetivos.

Você certamente já se pegou pensando em algo sem entender qual o fundamento de tal desejo. E, assim como Anastasia decide se submeter aos caprichos de Christian Grey sem concordar com as regras que ele impõe, às vezes nos entregamos às nossas vontades, contrariando a razão.

5

4# Perder o controle é libertador

“Quando você abre mão do controle, você se sente livre”, declara Christian Grey à sua sub, a fim de persuadi-la a se entregar.

Não à toa, tanta gente sente prazer em beber e usar drogas para esquecer os problemas da vida. Vale a pena se atirar, em certos momentos, livrando-se das obrigações e preocupações que nos cerceiam a todo momento.

E sexo pode passar por uma boa dose de descontrole, no auge do prazer – muitas vezes, nessas horas que os orgasmos se tornam mais intensos.

6

5# Ao se permitir, você é capaz de realizar incríveis descobertas

Sem novidades para experimentar, cada dia se torna apenas mais do mesmo. Novos sabores, outras texturas, experiências diversificadas são capazes de proporcionar aprendizados. É sempre válido estar aberto a coisas novas, nem que seja descobrir aquilo que você não gosta.

Se Anastasia não se permitisse deixar levar pelas “loucuras” de Christian Grey, não teria gozado tanto.

7

6# Todo instinto sexual é selvagem

Não tem jeito. O que faz o pau subir e a calcinha molhar é o que mexe com a natureza humana – sejam estímulos ao corpo ou à mente. A brutalidade surge espontaneamente, na hora que o desejo toma conta.

Nesses momentos, é natural se tornar um pouco animalesco, como Grey se mostra, cada vez mais.

8

7# Entre quatro paredes, tudo é permitido

Quando o casal se fecha em um quarto, as regras praticadas ali dependem primordialmente dos limites definidos pelos dois. Isso não quer dizer que é permitido avançar o limiar do consensual – nem pensar! Mas não existem leis pré-definidas que regem o sexo, porque isso depende do que é gostoso para quem está ali.

A boa foda não costuma ser nada civilizada, pelo contrário, é puro instinto. E, na cama, o politicamente correto não existe – bom mesmo é vociferar palavrões, puxar cabelo e saber dar uns bons tapas, na hora certa.

No relacionamento entre Christian Grey e Anastasia, há um contrato, com cláusulas que definem claramente o papel de cada um e os limites da relação. É a forma como eles se sentem seguros para deixarem claro, um ao outro, que estão dispostos a quebrar as regras do mundo fora do Quarto Vermelho da Dor.

9

8# Nem sempre é possível satisfazer a todos os desejos

Um dia é da caça, outro do caçador. Tantos são os nossos fetiches que não dá para realizar tudo de uma vez. Até porque certos desejos são incompatíveis.

Então, às vezes, é preciso apenas ceder e dar espaço para a satisfação da parceira – fazer apenas as suas vontades. Como quando Christian descobre que a garota que deseja é virgem e abre mão de seus princípios para apenas “fazer amor” em sua primeira vez.

Há horas em que é melhor esquecer as expectativas de quem está na cama com você (afinal, nunca seremos capazes de corresponder a todas elas) e ser um pouco egoísta, atendendo ao que você quer e nada mais. Claro, sempre que possível, bom mesmo é ver todo mundo gozar no final.

10

9# Atitude é o melhor afrodisíaco

Saber o que quer e fazer acontecer faz toda a diferença em como acender os desejos da sua parceira, quando ela estiver aos seus braços. Nem que seja para vendá-la e a deixar entregue a seus caprichos.

11

10# Elas preferem os bad boys

Não à toa, Christian Grey é um dos figurões mais cobiçados do mundo, que habita o imaginário e molha as calcinhas de tantas mulheres por aí. Isso que ele não é do tipo que curte um romance. E Grey não faz amor. Ele fode… Com força.

Há, porém, um diferencial: apesar da grosseria, o protagonista é um gentleman. Educadíssimo, ele sabe muito bem como tratar as mulheres. Na cama, bate com vontade – não lhe falta a virilidade que tanto as deixam loucas. Mas, independente disso, sabe como valorizar a sua garota.

Fotos: My Sweetness Black & White
Fonte: Diário do Centro do Mundo/Lasciva

13

Mulheres também gostam de sexo casual

7

“Não foi bom pra você?”

Eis a pergunta que funciona como um soco, um banho de água com gelo, um desesperador aperto na parede.

Bem, foi bom. Mas não é bom que se queira saber se foi bom – especialmente quando a pergunta provém da insegurança.

Sim, foi bom. Eu só prefiro dormir sozinha. É que eu me espalho demais e não gosto de cheiros estranhos na minha cama. De alguma maneira eu a ocupo inteira. Seria muito cafajeste te pedir pra ir embora agora?

6

Uma porta fechada e um abismo de paranoias: como assim uma mulher que só quer sexo casual?

Pois é, camarada. Não deve ser fácil crescer em um mundo em que te fazem acreditar que toda mulher dedica sua existência a lhe colocar um bambolê no dedo esquerdo, adora flores e conchinha, e, no auge dos vinte e poucos, encontrar alguém que te peça licença em plena madrugada depois de orgasmos bem aproveitados e gemidos incontidos.

A impressão que eu tenho – enquanto uma dessas mulheres estranhas às projeções da maioria – é que o estranhamento de alguns homens diante de uma mulher que transa casualmente é tamanho que se torna uma questão de honra conquistá-la.

5

Não para tê-la – longe disso! – mas pela ânsia de provar a si mesmo que você não estava errado. Seu pai não estava errado quando disse que as mulheres são carentes, românticas e emocionalmente dependentes. Seus amigos não estavam errados quando disseram “cuidado, aquela ali é louca!” para todas as mulheres que quiseram qualquer envolvimento fora dos lençóis.

Não é desejo, camarada, é estranheza. É ego. É honra. Porque “como assim uma mulher não quer namorar? Tudo bem que não queira ir pro altar, mas nem um cinema? Nem um filme no domingo? Nem conhecer a minha mãe?”

É difícil admitir, mas, nos próximos anos, será a única escolha viável.

4

Uma mulher que lhe fecha a porta e só te liga quando tem vontade não é apaixonante – e nem desapaixonante. É só uma mulher que, como você, quer prazer.

Não quer se apaixonar, não quer receber chocolates, nem declarações, nem apelidos, nem jantar com a sogra. Só prazer, como você tantas vezes quis em sua vida.

E se foi isso que os homens talvez sempre esperaram de nós, não tem espanto: porque agora é isso que nós esperamos de nós.

Todos nós queremos prazer. Só falta (a alguns) aceitar.

3

Fotos: La Vetrina Di Eros in Bacheca
Fonte: DCM/Nathali Macedo

1